Brasil (pt)

Apoteose a Júlio de Castilhos by Marciano Schmitz (posession of Eliseu Padilha)
Apoteose a Júlio de Castilhos by Marciano Schmitz (posession of Eliseu Padilha)
Filosofia e Movimento Político

por Gustavo Biscaia de Lacerda / in English

A Igreja Positivista do Brasil (IPB)[1] foi criada em 1881 na cidade do Rio de Janeiro[2] (então capital do Império Brasileiro), a partir de um núcleo pré-existente, a Sociedade Positivista. Enquanto essa Sociedade Positivista tinha um caráter mais intelectual, visando ao estudo da doutrina e das obras de Augusto Comte, Pierre Laffitte e outros autores, a Igreja Positivista foi fundada com objetivos políticos e religiosos, além dos intelectuais; em outras palavras, ela buscava propagar a doutrina positivista e, ao constituir uma opinião pública, ela também buscava influenciar a política e os costumes brasileiros.

O principal líder da IPB era Miguel Lemos (1854-1917), antigo estudante de Engenharia, ex-funcionário público, que se tornou Diretor da Igreja; ele era apoiado por seu amigo e cunhado Raimundo Teixeira Mendes (1855-1927), igualmente antigo estudante de Engenharia e ex-funcionário público, que se tornou vice-Diretor da Igreja Positivista: a partir do momento em que decidiram assumirem-se como positivistas, dedicaram suas vidas a essa doutrina. Eles escreveram e atuaram intensamente a respeito dos mais variados temas, a maior parte dos quais conserva plena atualidade: proclamação da República e abolição da escravatura; inclusão social dos pobres e principalmente dos negros; defesa e respeito à população indígena do Brasil; separação entre Igreja e Estado; defesa da política pacífica, baseada no diálogo, no respeito mútuo e na opinião pública; repúdio ao despotismo governamental e também da sociedade civil; repúdio ao militarismo, ao imperialismo e às guerras (na América, na Europa e nos outros continentes) etc.

Seja porque a IPB encontra-se na cidade que então era capital imperial (depois capital da República), seja porque suas campanhas políticas e sociais eram intensas e variadas, seja porque sua produção intelectual era enorme, a Igreja Positivista constituiu-se no principal agrupamento positivista no Brasil; todavia, não foi o único. Havia positivistas ortodoxos (i. e., religiosos) fora da Igreja Positivistas; havia positivistas políticos, assim como jornalistas, que eram chamados de “heterodoxos” (pois tinham uma perspectiva mais intelectual e instrumental da doutrina).

De qualquer maneira, um outro importante agrupamento político e religioso desenvolveu-se no estado do Rio Grande do Sul, em particular na capital do estado, na cidade de Porto Alegre. O principal líder era Júlio de Castilhos (1860-1903), jornalista que se baseava em Augusto Comte para fazer propostas políticas, como a proclamação da República, o fim da escravidão, o federalismo (em oposição à centralização do Império)[3]. Além disso, Júlio de Castilho foi deputado na assembléia nacional constituinte que elaborou a constituição brasileira de 1891; em seguida foi o autor da constituição estadual do Rio Grande do Sul (promulgada em 14 de julho de 1891) e governador do mesmo estado entre 1891 e 1898. O grupo positivista do Rio Grande do Sul era grande e importante o suficiente para, entre 1916 e 1928, construir em Porto Alegre um templo positivista, que se encontra em atividade desde então.

_____

  1. Também conhecida por Apostolado Positivista Brasileiro.
  2. No Brasil há uma cidade e um estado chamados de Rio de Janeiro; atualmente a cidade é a capital do estado. Entretanto, durante os vários séculos em que a cidade foi capital do país (1763-1822: capital da colônia portuguesa; 1822-1889: capital do Império Brasileiro; 1889-1960: capital da República brasileira), ela teve o status de “Corte”, “município neutro” ou “distrito federal”, ou seja, sob responsabilidade direta da administração nacional; nessas fases, o estado do Rio de Janeiro tinha como capital a cidade de Niterói. Com a construção da cidade de Brasília, no interior do Brasil, com o objetivo expresso de ser a capital nacional, a cidade do Rio de Janeiro tornou-se em 1960 uma “cidade-estado”, ou seja, a capital do novo estado da Guanabara (que abrangia apenas o próprio Rio de Janeiro). Em 1975 os dois estados do Rio de Janeiro e da Guanabara fundiram-se e a cidade do Rio tornou-se afinal a capital do estado do Rio.
  3. Quando a República foi proclamada em 15 de novembro de 1889, um membro do grupo do Rio Grande do Sul integrou o governo provisório – era Demétrio Ribeiro, que se tornou por um breve período Ministro da Agricultura e que propôs a lei da separação entre Igreja e Estado. A bem da verdade, Demétrio Ribeiro não foi o único Positivista no governo provisório: o líder efetivo do movimento conspiração que proclamou a República, Benjamin Constant Botelho de Magalhães (1836-1891), tornou-se inicialmente Ministro da Guerra e, depois, como era um civilista, ele tornou-se Ministro da Instrução Pública

 

Igreja Positivista do Brasil (IPB) Brazil’s Positivist Church

English Website: http://www.igrejapositivistabrasil.org.br/english/
Blog: http://www.igrejapositivistabrasil.org.br

Rio de Janeiro

Temple
Rua Benjamin Constant, 74,
Cep.: 20.241-150,
Tel/Fax: (021) 2224-3861

Clube Positivista
Av. Treze de Maio 13
Grupos 1201/3
Centro
Sempre às 18:00 h.
E-Mail: ipb@igrejapositivistabrasil.org.br
http://www.apontador.com.br/

The Positivits' Temple in Rio de Janeiro
The Positivits’ Temple in Rio de Janeiro


State of Rio Grande do Sul

Templo Positivista de Porto Alegre
Avenida João Pessoa 1058
Centro Histórico
Porto Alegre
Facebook site https://www.facebook.com/templo.positivista

Lectures and Socratic Discussions
Every Sunday 10:00-13:00
Tel. +51-3226-3182
Contact: Afrânio Pedro Capelli, Guardião do Templo
Website: http://www.positivismors.blogspot.com/

http://www.positivismors.blogspot.de/
http://www.positivismors.blogspot.de/


Centre Positiviste do Paraná et Chapelle de l’Humanité
Rua Riachuelo 90 Galeria Andrade, Edifício Cláudia,
Conjunto 201
80020 – 250 PR Curitiba
Tel. (0**41) 3345-6916
FAX: (0**41) 3222-1178
Reuniões todos os sábados às 16:00 hs
Assuntos científicos, filosóficos e religiosos
Website: http://www.palm.com.br/cpp/frameset.htm
Contact: bertome@cwb.palm.com.br
Gustavo Biscaia de Lacerda’s blog: Filosofia Social e Positivismo

State of São Paulo

Centro Humanístico Aníbal Silveira
Rua Almirante Pereira Guimarães 150
Racaembu – 012250 – 000 SP
São Paulo

Literature
  • Thomas E. Skidmore, “The Making of ‘Modern’ Brazil. Positivism”, sub page of his companion website to the 2010 second edition of Five Centuries of Change (2010), http://library.brown.edu/
      Images of temple in Porto Alegre: Curtesy of Henrique Amaral – Aero Studio, henrique@aerostudio.com.br
Share

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Before you submit form:
Human test by Not Captcha